23 de jul de 2008

A boca, e seus deliciosos apetrechos...


Olá, mulheres do meu Brasil Varonil!
Resolvi trazer para cá, no blog das Gerrymaníacas, uma homenagem a uma das partes que mais gosto no Gerry ( até porque é difícil saber o que eu gosto mais...
):
A boca (e que boca... )!. Duvido que alguém aqui discorde...


Então, preparadas ou não, aqui vou eu:


JERÔNIMOOOOOOOOOOOOOO...




Começando por esse bico...



...Indo para esse outro...
Ah... Se eu agarro esse bico, eu junto e não paro de beijar...



Isso biquinho que ele faz ao falar, leva nossos últimos trocadinhos...



Quem não se derrete com esse sorriso doce...





Lindo... Club



Que faz essas ruguinhas charmosas no nariz...



Eu queria estar no lugar da Lucy (Lucy Sullivan is Getting Married), pra receber esse sorriso beeem de pertinho.
A Lucy ( Gerrymaníaca) não gostou tanto de ter esse nome, não é fia...?



Nessa foto dá pra ver como é bonita.
Essa carinha de puppy dog, quase nos convence que ele é um menino inocente, mas...



...começaremos a ver que não é bem assim...
A começar por essa pontinha de língua que estamos vendo...




Eu tenho a minha teoria da conspiração. Ele faz esse tipo de coisa pra nos deixar malucas



Nós logo começamos a imaginar que ele é um tamanduá, e que nós, somos portadoras de formigueiro muito agitados, diante de uma visão como essa:



Minha gente! Vocês tyem a noção exata de como essa língua iria fundo na nossa... nossa... ehrrrr... nosso formigueiro...
*


Quando ele faz essa cara, nós já começamos a imaginar qual parte do nosso corpo estaria nessa boca tão sonhada...



Nossa... Essa língua no céu da boca... Bem que podia estar no céu da minha boca...
Vixe...
Nasty Teeth



Zezuzzzzzzz...
Essa é visão panorâmica, by Rose. Que boquinha mais perfeita, linda e rosada...
É pra quem não gosta, passar a gostar. (tem doida que não gosta, viu!? )



Essa, a Pati mandou pra mim. Eu bati a boca no teclado...



Bocão gostoso...
*
*
*
O quê!? Ainda não tá bom!?
Então, toma:



Tá viva!?
Que bom, porque eu ainda não acabei...



Minha amiga dona-de-casa, colega de trabalho, exercite a sua imaginação:
Feche os olhos e pense nessa língua, que vai até o queixo, passeando nos seus... países baixos...
Lembre-se do que ela é capaz...

Photobucket

MÉUDÉUZZZZZZZZZZZZZ...
Cuidado pra não escorregar, fia!
Shy Whistler



Alguém sonegaria o pescoço ( ou qualquer outra parte chupável ), quando o vampiro tem esse shape...?



Essa é pra ninguém esquecer:
A garrafinha agarrada nesses lábios, sou eu. EU!!!!



Mais desse sorriso que todas nós, gerrymalucas, queremos ver de pertinho.





Mais biquinho...



Nós amamos esse sorriso, mas, gostaríamos mesmo, é de deixá-lo assim:
*

Faint

Enfim, esta boca, eu considero de outro mundo, tamanha são as reações que ela provoca, diante de tão visão...

Lol!? Vocês ainda estão aí!?

Estão vivas?
Ou já tomaram choque no teclado? De novo! Electric

Ou estão tombadas no chão depois de inevitável escorregão na cadeira.... Belly Laugh

Por enquanto, chega de torturar vcs amiguinhas e claro, eu também preciso de um copo d'agua, um banho frio e muletas .

Muletas sim, queridas, afinal também me "acidentei" da cadeira...

Crutches
E aí? Rola um beijinho na despedida...

*
Ou... Um exame detalhado de amígdalas...

Photobucket
*
Olha que ele ensina... como é que ele gosta...

Photobucket
*
Bjim da Ly... 3 More Kisses
*
Para as que sobreviveram...
*

18 de jul de 2008

Quer dançar comigo?









Quer dançar comigo?
Fazer algo diferente?





Quero sentir seu corpo junto ao meu em um ritmo qualquer, o clima sensual nos envolvendo, sentir seu cheiro, seu gosto, cada partícula do seu corpo encostado ao meu.
Cada movimento sincronizado, a música nos envolvendo como lençóis, e então nem prestamos mais atenção na música só sentimos sua presença suave, mas nesse momento ela está somente compondo a cena.
Nossos corpos suando levemente pelo movimento e pela proximidade do calor do outro.
A textura da pele sentida através de leves toques das mãos nas costas, dos rostos colados, dos corpos juntos.
O seu cheiro me fazendo quase esquecer de onde estou, quase me fazendo cometer loucuras.
Suas pernas tocando as minhas, me envolvendo, sua boca passando pelo meu pescoço, minhas orelhas, roçando em minha barba, me fazendo estremecer...





Suas mãos segurando meus ombros com força, as minhas apertando seu corpo, acariciando suas costas, minha boca em sua orelha, beijando, mordendo, lambendo.
Sua respiração ofegante se confundindo com a música no meu ouvido, mudando meu ritmo e fazendo você mudar o seu também.
Agora sinto o cheiro do seu cabelo, sinto ele entre meus dedos, o seguro, puxo e te beijo sofregamente.
Suas pernas agora se enroscam nas minhas, sua pele macia me deixando cada vez mais excitado, as unhas nas minhas costas, o suor se intensificando e molhando nossas roupas, o ritmo se alterando, se acelerando, parece que meu coração vai parar...





A música se tornando orgânica, ofegante se misturando a gemidos, sussuros, beijos, mordidas e carícias...
Pareço sentir sua boca em todo meu corpo, suas mãos me tocando por inteiro e eu sinto como se estivéssemos nus...
Sinto seu gosto, a dança nos move como se fôssemos um só, parece que podemos nos sentir por dentro um do outro.
A dança com você atinge um auge como um orgasmo e eu nem sei mais se consigo ouvir uma música no fundo, também, ela nem me importa mais, nada mais no mundo me importa nesse momento...
Nem sei explicar o que sinto, porque cada partícula do meu ser nesse instante te deseja e meu corpo, sem se dar conta de todo o resto, sabe que nada mais faz sentido, porque exista o que for à nossa volta, nesse instante sinto apenas VOCÊ...














15 de jul de 2008

Gerry - Procurado

Gerry - Procurado!
By Lucy




Esse é o retrato falado do "elemento" do sexo masculino que vem seduzindo e corrompendo milhares de mulheres modernas e ousadas em todo o mundo. Segundo sua vasta ficha sexual, digo, criminal, seu nome é Gerard James Butler, vulgo Gerry, tem 38 belos aninhos de idade, é o mais legítimo escocês (daqueles cujo puro malte dá uma vontade lascada de passar a língua), além de ser considerado extremamente perigoso (hummm)...


Que medinho... nham... nham...

Drooling Bouncy Smiley


Consta, ainda, em seu registro policial, que segundo fontes anônimas, Gerry tem uma fome de leão, é insaciável, já tendo inclusive degustado camarão seco deteriorado e chicória murcha – fatos estes que o indiciado se recusa a confessar...


Blah



Gerry, como é popularmente conhecido, se aproveita de sua belezura natural para atrair suas presas ao seu covil, perverte-as com sua sensualidade extremada e depois faz o que bem quer com elas, transformado-as em suas escravas, que ficam à mercê de sua libido exacerbada.



No início de sua caçada, ele apresenta-se muito gentil e simpático, mas quando já está em vias da consumação de seu crime é tomado por repetidos surtos frenéticos de safadezas ilimitadas que fazem suas vítimas enlouquecerem de prazer e sempre pedirem por mais e mais...




O procurado veste-se com roupas de grife, mas tem um estilo fashion informal. Na verdade, suas vítimas são unânimes em afirmar que ele tem um jeito próprio e descontraído de se trajar, que acaba por perturbar ainda mais suas pobres mentes. Após o primeiro encontro, e muitas vezes durante este, o incriminado costuma despir algumas de suas peças de roupa, como a camisa, porque tem a exata percepção de que isso afeta consideravelmente a psique de suas caças. Foi relatado, ainda, que ele está sempre portando uma ou duas correntes em seu pescoço robusto e seus punhos fortes são ornados com pulseiras de diferentes espécies.




O "elemento" é fisicamente muitíssimo bem apresentado – possuindo:

- cabelos: de cortes variados, mas suas vítimas concordam que é sempre bem tratado e muito cheiroso...

- um lindo par de olhos verdes hipnotizantes – que são os primeiros a penetrarem (ui!) profundamente nos corpinhos frágeis de suas conquistas. Declaram, ainda, suas vítimas, que basta apenas um olhar sensual deste homem, para que as moças fiquem tomadas por crises compulsivas de calor intenso e logo se entreguem, por vontade viciada, a mais completa e desenfreada devassidão...

- rosto: ora bem lisinho tal qual bumbum de nenê e ora com uma gostosa e macia barba que o deixa mais ainda com um aspecto másculo gostoso. Quando barbado, o acusado gosta de esfregar sua barba no corpinho das moçoilas porque sabe que isso lhes causa um frisson fora deste mundo...

- uma boca especial, carnuda e macia que envolve dentes perfeitos e uma língua enorme, quente e aveludada. Segundo depoimentos, o incriminado, logo no início da conversação, faz um biquinho com seus lábios apetitosos porque tem a exata noção que isso, por si só, já enfraquece as pernas da moçoila a qual está travando o flerte. Consta, ainda, que muitas de suas vítimas já chegaram ao orgasmo apenas com um beijo calientíssimo dele, seguido de um irresistível biquinho...



- braços, chester, barriga, coxas, panturrilhas e costas tão saborosamente vigorosos que, segundo as vítimas, é impossível não dar uma boa esfregada, apalpada e chupada nessas partes. O "elemento" é mesmo bem provido de carnes (nham nham), sendo que, em sua esperteza libidinosa, costuma usar calças bem ajustadas para realçar seus coxões poderosíssimos, além de sempre dar um jeitinho de levantar os braços para demonstrar o quilate dos músculos esculpidos ao longo de seus peitos e brações. De acordo com o exposto pelas vítimas, o indiciado tem a mais forte e gostosa pegada do universo – ele puxa os corpos das suas presas de uma forma tão irresistível, que no mesmo instante elas já dobram o joelho, de tão entregues que ficam. E uma vez recebida essa pegada, danou-se tudo, aí não dá mais para parar o romance, elas só pedem por mais e mais... (nessa parte o depoimento teve que ser suspenso por cerca de trinta minutos até que as depoentes conseguissem se acalmar com a ajuda de almofadas de gelo formatadas especialmente para a ocasião).

- bumbum duríssimo, macio e de bom tamanho (carnudinho), ótimo para se apertar e mordiscar, um verdadeiro petiscão de tão gostoso e suculento...

- pés 46, muito bem tratados e que confirmam a teoria da proporcionalidade gerryana...

- huge cock – seu principal aliado na consecução do ato criminoso... após extensos depoimentos, suas presas foram unânimes em confirmar que, uma vez conhecido esse atributo gerryano, jamais será esquecido... Relatam, ainda, que é absolutamente verídica a teoria da proporcionalidade gerryana, sendo esse ‘pedacinho do paraíso’ (como todas o citaram) de tamanho avultado e largura considerável. Inquiridas sobre o ato amoroso em si, as vítimas quedaram-se inertes, algumas tiveram taquicardia, outras crises de asma, além de desmaios, histeria, tremores e outros faniquitos desse tipo. Em seguimento, apenas declararam, em lágrimas de desespero, que o acusado é muito ousado, atrevido e sabe como fazer a coisa. Sob calmantes, foram unânimes em expor que ficaram psicologicamente afetadas com o ocorrido e que, a cada minuto do dia, sentem uma angústia muito forte pela falta de que tal huge cock faz em suas vidas... Mas, logo após relatarem isso, foram acometidas por novos e sucessivos surtos de lascívia... (e dessa vez nem as almofadas de gelo foram suficientes para apagar o furor uterino...).


Faint





As vítimas mais recentes confirmam que, por vezes, Gerry tem se aproveitado de uma cachorrinha pug cognominada Lolita, muito carinhosa e sensível, para aproximar-se delas com maior facilidade. Contudo, asseguram que a pobre da cachorra não tem nada ver com esse crime bárbaro (afff), porque uma vez avistado Gerry, tudo mais a sua volta desaparece por completo...



Running In Field


O curioso é que, mesmo após exaustivos depoimentos coercitivos, as vítimas de Gerry aparentam não guardar qualquer sentimento negativo em relação ao procurado. O que se percebe é que, ao que parece, estão sendo acometidas por alguma síndrome (tipo a de Estocolmo), pois se encontram perdidamente encantadas, apaixonadas, ardentemente conectadas ao indiciado, a ponto de se recusarem a dar qualquer ratificação sobre a investigação que está sendo feita. Todas estão sendo encaminhadas a severo tratamento psiquiátrico. E, por incrível que possa parecer, as depoentes concordaram em se submeter à internação clínica, desde que o hospital esteja instalado na Escócia, pois segundo verificado, elas se sentiriam mais plenas e reconfortadas nas Highlands...



A quem o encontrar, peço que entre em contanto pelo meu MSN ou e-mail.
Aconselho ficar bem afastada fisicamente dele para não correr o perigo de inalar seu cheiro inebriante, como também se faz mister não fitá-lo diretamente no olhar,
sob pena de se tornar a sua próxima presa (hummm )...


Yowza


Tão logo eu seja acionada, providenciarei imediatamente a sua captura.
Já está decretada a sua prisão preventiva para que o cidadão em tela
fique devidamente encarcerado em meu quarto até que sobrevenha a sentença penal,
que com certeza irá condená-lo à prisão perpétua em meus braços.
E não se preocupem com a minha segurança, pois se necessário,
não tardarei em algemá-lo na cama, além de lhe aplicar pequenos e deliciosos corretivos,
se bem me entendem...


Whip


Em suma – Procura-se: Gerry – quem o encontrar, manda pra cá que ele é meu!!!


Roll


PS – Meninas, sei que estou gulosa – mas depois eu o mando pra vocês!!!
Detalhe: vão preparando muito fortificante (catuaba, ovo de pata e tudo que tiverem)
porque o nosso amado vai chegar aí fraquinho, fraquinho...
Mas com um sorrisão de cabo a rabo (ui!!!).



Despeço-me, queridas amigas gerrymaníacas,
desejando-lhes muitos sonhos obscenos com o Gerry!
(por hora, segurem o facho para não dar muito na vista...).
Mil e um beijinhos, recheadinhos de carinho da Lucy...



Kisses